CARTÃO DE MARCAÇÃO

É imperativo que o cartão de marcação seja preenchido de forma legível e sem rasuras. A exemplo dos clubes mais tradicionais do mundo, incluindo o R&A, o Las Palmas Golf & Country Club reserva-se o direito de desconsiderar cartões que não estejam devidamente marcados, legíveis e sem rasuras, ou que, de alguma forma, causem dúvida na leitura.

O cartão lhe deve ser entregue já marcado com seu nome e handicap pela pessoa responsável na Casa de Tacos. Exija! Procure jogar com alguém, de modo que um jogador marque o cartão do outro e assine. É necessário apresentar pelo menos dois cartões por mês assinados por um jogador acompanhante.

No sistema de escore por pontuação (Stableford), certifique-se de ter marcado também os pontos, não apenas os strokes.  E na modalidade Match Play, certifique-se de ter marcado não os strokes, mas quem venceu cada buraco.

Antes de iniciar o round

  • Leia as Regras Específicas do clube no edital que se encontra no start ou no cartão de marcação.
  • Marque sua bola, pois ao confundir-se com a de outro jogador, a bola é considerada perdida.
  • No caso de torneio, conte os seus tacos.  O máximo permitido no jogo é 14.

Durante o Jogo

  • Só é permitido pedir conselho de jogo, informações sobre regras, distância, posição de obstáculos e bandeira, ao seu parceiro de jogo ou ao seu caddie.  Você pode aconselhar somente o seu parceiro de jogo. Quando a dúvida sobre a regra a adotar é insolúvel, em caso de torneios, o jogador pode consultar o referee.
  • É permitido fazer somente swings de ensaio.  Tacadas de ensaio não são permitidas e contam como strokes.

No final do round

  • Verifique se o cartão está devidamente preenchido com o score de strokes e, no caso de Match Play, com o resultado de cada buraco.
  • Apresente o cartão imediatamente na casa de tacos.

 

AS REGRAS BÁSICAS

Tee Off

A bola deve estar situada das marcas do tee para trás, até a medida máxima de 2 tacos.  Jogando fora dessa área, não há penalidade se for Match Play, mas o adversário pode solicitar a repetição da tacada.  Em Stroke Play, paga-se a penalidade de 2 strokes e é necessário tacar novamente dentro da área.

Bola

Se a bola parece ser a sua mas não tem certeza, você pode, desde que autorizado pelo jogador oponente ou companheiro, marcar a bola e levantá-la para identificá-la.

Não melhore a posição da bola de forma alguma, nem com a mão, nem pressionando algum objeto contra o chão.  Não mova, dobre nem parta qualquer obstáculo fixo ou em crescimento.  Pode apenas arredar com o corpo ao posicionar-se para a tacada ou ao fazer o swing, consideradas as circunstâncias.

Se a bola cair no “bunker” ou num “hazard”, você pode tacá-la, desde que não toque na areia nem na água ou no chão dentro da delimitação do hazard com a mão nem com o taco antes do swing through.  Obstáculos soltos dentro da delimintação do bunker ou do hazard não podem ser mexidos.

Não é permitido arrastar nem empurrar a bola.  A tacada deve ser uma batida direta na bola com o taco.

Se você tacar a bola de outro jogador, no Match Play a penalidade é a vitória instantânea do oponente, e no Stroke Play é o acréscimo de 2 strokes ao score e nova tacada na bola certa.

No “Green”

É permitido levantar e limpar a bola, desde que marque o local da mesma com o marcador e a recoloque exatamente onde estava.

Você pode e deve reparar indentações causadas pela colisão da bola, sejam novas ou antigas, mas não as outras irregularidades, como, por exemplo, as causadas pelos spikes dos sapatos.  Por isso, é cortesia não pisar na linha de “putting” de outro jogador.

A bola não pode entrar no buraco com a bandeira dentro se a tacada partir de dentro do green.  A bandeira pode ser retirada por outro jogador ou caddie mesmo que a bola ainda esteja fora do green.

Bola Parada, Movida

Se você mover a bola acidentalmente ou levantá-la onde não é permitido, a penalidade é o acréscimo de um stroke ao score e a recolocação da bola na posição original.  Há exceções previstas na Regra 18-2a.

Se a sua bola for movida por outra pessoa ou atingida por outra bola, não há penalidade para você, mas é necessária recolocá-la na posição original.

Bola em Movimento, Defletida ou Parada

Se a bola de outro jogador acertar você, seu parceiro, seu caddie ou seu equipamento, sendo parada ou ricocheteada, esse jogador paga a penalidade de um stroke a mais no score e deve jogá-la tal como tiver caído.

Se a bola for ricocheteada ou parada por outra bola, não há penalidade e a bola deve ser jogada a partir daí de onde tiver caído.  No Stroke Play, se as duas bolas já estavam no green, a colisão entre as mesmas gera penalidade de 2 strokes a mais no score do jogador cuja bola colidiu.

Levantar, Deixar Cair e Colocar a Bola

A bola deve sempre ser marcada com o marcador antes de ser levantada.

Ao levantar a bola com o fim de reposicionamento, não é obrigatório marcá-la, mas é recomendável, e a mesma deve ser deixada cair dentro da medida de 2 tacos a partir da margem da área em que a bola é injogável.

Para deixar cair uma bola com o fim de reposicionamento, o jogador deve estar de pé, virado de frente para a bandeira, levantar o braço até a altura do ombro e abrir a mão deixando a bola cair.  Aí de onde ela cair, é de onde deve ser jogada.

É permitido tentar novamente, se: [1] a bola deixada cair, rolar para dentro da área que, sem penalidade, estava sendo evitada, [2] ou rolar e ficar parada numa posição onde haja interferência, [3] se ficar parada a mais de 2 tacos de medida do local onde originalmente atingiu o chão, [4] se ficar parada mais perto do buraco do que o local de onde foi levantada, ou do que o ponto mais próximo que evita a interferência ou ainda do que o ponto onde a bola cruzou, pela última vez, a margem do obstáculo de água.  São previstas até 9 situações em que é necessário fazer o reposicionamento da bola através do “levantá-la e deixá-la cair”.  Na nova tentativa, se a bola cair novamente em uma dessas situações, ela deve ser colocada no local onde atingiu o chão originalmente nessa tentativa.

Bola Que Favorece ou Interfere com uma Jogada

É permitido levantar a bola ou mandar outro jogador levantar a sua, se você entender que a mesma está inteferindo no jogo.  Não é permitido limpar a bola levantada, a menos que esteja no green.

Impedimentos soltos

Consideram-se impedimentos soltos os objetos naturais como pedras, folhas e ramos caídos.  É permitido removê-los, a menos que a bola e o impedimento estejam dentro do mesmo obstáculo, ou seja, ambos dentro de um bunker ou de um hazard. Se, ao remover o impedimento solto, a bola se mover, a mesma deve ser recolocada exatamente onde estava e será cobrada a penalidade de um stroke a mais no score, exceto se estiver no green. [Regra 23-1]

Obstruções Móveis

São os objetos artificiais removíveis como ancinhos, latas e outros.  Em qualquer lugar estes objetos podem ser retirados sem penalidade.  Se, ao removê-los, a bola se mover, a mesma deve ser recolocada exatamente onde estava, sem penalidade.  Se a bola estiver sobre uma obstrução, é permitido levantá-la, retirá-la da obstrução e deixá-la cair, sem penalidade, em local imediatamente abaixo de onde ela estava.  No caso de estar no green, em vez de deixá-la cair, a bola deve ser simplesmente colocada nesse local.

Obstruções Fixas e Condições Anormais do Terreno

São os objetos não removíveis, como, por exemplo, construções, estradas, caminhos, etc.

Considera-se condição anormal do terreno a água casual, terreno em reparação, buraco, rastro de animal, ou animais que não se pode retirar, como, répteis, aves, etc.

Se a bola estiver em uma obstrução fixa ou condição anormal de terreno, exceto água, e estes obstáculos estiverem atrapalhando o stance do jogador ou o arco do swing, a bola poderá ser levantada e deixada cair dentro da medida de 1 taco a partir do ponto mais próximo que evite a interferência e mantendo a mesma distância, ou maior, do buraco.  Quando no green, a bola deve ser colocada no ponto mais próximo de não interferência.

No green, não se considera interferência da linha de jogo se não estiverem ambos, o obstáculo e a bola, dentro do green.

Se a bola estiver em um bunker, é permitido levantar a bola do obstáculo e deixá-la cair para fora, mas é paga a penalidade de um stroke a mais no score.

Hazard de Água

Quando a bola cai no hazard, pode ser jogada de onde caiu ou levantá-la e reposicioná-la deixando-a cair, mediante o pagamento da penalidade de um stroke a mais no score. Neste caso o jogador deve se posicionar com a bola na altura do hazard pela qual a bola entrou nele, ou antes do hazard.  Não pode de forma alguma posicionar-se em local mais próximo do buraco do que o local por onde a bola entrou no hazard.

Quando a bola cai em um hazard laterial, é possível também deixar cair a bola dentro da medida de 2 tacos a partir do ponto onde a bola entrou no hazard ou na margem oposta do hazard em local que esteja exatamente em linha e na mesma altura que o ponto onde a bola entrou no hazard.

Bola Perdida ou Fora de Limites

Quando a bola cai fora da delimitação da área de jogo, a qual é definida e marcada com estacas brancas pela administração de cada campo, é necessário jogar outra bola do mesmo lugar de onde jogou a que saiu dos limites, e pagar a penalidade de um stroke a mais no score.  O mesmo acontece se a bola for perdida em um hazard, ou simplesmente não encontrada pelo jogador dentro de 5 minutos.

Se ao jogar a bola, o jogador desconfia que ela caiu e foi perdida em um hazard ou saiu dos limites, ele deve jogar uma segunda bola, chamada “bola provisória”, antes de se deslocar para procurar a bola original, e tornar os demais jogadores cientes.  A finalidade disto é evitar o atraso no jogo.  Se a bola original estiver mesmo perdida ou fora de limites, o jogador continua o jogo com a bola provisória e pagar a penalidade de um stroke a mais no score.  Se, no entanto, a bola original for encontrada dentro dos limites da área de jogo, o jogador deverá parar de jogar com a bola provisória e continuar com a original.

Bola Injogável

A regra da bola injogável aplica-se a qualquer situação em que o jogador entender que não está impossível de jogar, exceto no hazard.  Declarar a bola injogável custa a penalidade de um stroke a mais no score.  O jogador poderá, então: [1] jogar uma bola do mesmo lugar de onde jogou a que ficou injogável; [2] deixar cair uma bola em qualquer ponto atrás do lugar de onde a bola injogável está, em linha reta com a bandeira; [3] ou deixar cair uma bola dentro da medida de 2 tacos a partir do lugar onde a bola injogável está e mantendo a mesma distância do buraco, ou maior.  Se no bunker, a bola deve ser deixada cair dentro do bunker.